terça-feira, 24 de janeiro de 2012

A Biblioteca-Capítulo 4

-Vamos voltar. - disse Alexander.
-Vamos. - concordou a menina.
-Então siga-me e cuidado para não se perder.
-Eu não vou me perder.
-Mesmo assim,cuidado.
-Eu estou ficando com medo.
-Por que? Eu só disse para você tomar cuidado.
-O caminho é o mesmo. - perguntou  ela.
-Sim,é o mesmo.
-Então vamos.
Eles entraram na floresta novamente e fizeram o mesmo caminho.O percurso demorou mais trinta minutos.
-Chegamos e não aconteceu nada. - brincou ele.
-Ainda bem que não aconteceu nada.
-Vamos entrar. - disse Alexander.
-Já estou indo. - respondeu ela.
Michelle olhou para o horizonte,ela ficou encantada com o que viu.Ela nunca tinha percebido mas a casa de sua irmã ficava dentro de uma floresta.
-Impossível.
A menina entrou na casa e começou a observar alguns detalhes.
Michelle lembrou que há muitos anos  Barbara havia feito um projeto de uma casa.
-Então é isso.
Barbara que estava na sala ao lado ouviu a irmã falando sozinha.
-Admirando a casa? - perguntou Barbara.
-Você vai fazer aquela casa que você desenhou?
-Vou.
-É quase loucura.
-Até agora eu só tive resultados positivos.
-Sério?
-É.
-Vai ficar lindo.
-Vai.
Alexander estava ajudando Barbara quando ela pediu para que ele mostrasse a casa para Michelle.
-Barbara eu tenho que ir,depois eu volto. - disse Alexander.
-Obrigado por me ajudar. - respondeu ela.
Alexander se dirigiu até a porta e foi embora.
-O que vocês estavam fazendo? - perguntou Michelle.
-Achei que você não iria perguntar.
-Engraçadinha.
-Vem comigo,eu vou te mostrar.
Barbara levou a irmã onde ela estava.
Elas entraram em  uma sala que parecia um escritório.
-Isso é um escritório?
-É.
Michelle começou a mexer em algumas coisas.
-Você ainda está fazendo fotojornalismo?
-Sim,mas por hobby.
-Você prometeu me ensinar a fotografar.
-Eu posso te ensinar nessas férias.
-Ótimo.
-E você ainda está fazendo os seus diários de viagem?
-Sim.   
-E você está fazendo um diário dessa viagem?
-Ainda não.
-E por que você não faz?
-Pode ser.
-Tem um caderno e uma caneta na gaveta do criado-mudo que está no meu quarto,se você quiser pode pegar.
-Obrigada.
Michelle foi até o quarto da irmã e pegou o caderno e a caneta que a Barbara havia indicado.
     

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

A Biblioteca-Capítulo 3


-Como é morar aqui?
-Legal.
-Você gosta daqui?
-Sim,mas por que tantas perguntas? - perguntou Alexander.
-Por nada. - respondeu ela.
-Eu quero te mostrar mais uma coisa.
-O quê?
-É surpresa.
-Ah...
-Siga-me
Atrás da casa havia uma floresta,Alexander leva Michelle até lá.
-O que nós viemos fazer aqui?
-Michelle,eu sei o que estou fazendo.
-Se der alguma coisa errada...
-Vai dar tudo certo,siga-me.
Eles entraram na floresta.
-Está escuro aqui. - reclamou a menina.
-É impressão sua. - disse ele.
O lugar era de dar medo e o caminho parecia ser longo.
-É só seguir esta trilha,em uns trinta minutos nós chegaremos.
-Aonde nós vamos?
-Daqui a pouco você vai saber.
Trinta minutos depois eles atravessaram a floresta e chagaram em uma praia deserta.
-Que lindo.
-Eu sabia que você ia gostar.
-Você tem razão.
-Vamos ficar um pouco? - perguntou ele.
-Sim.
-Eu posso te mostrar mais coisas.
-Sério?
-É.
Eles começaram a caminhar...
-E o seu irmão. - pergutou ela.
-Foi morar com a minha mãe. - respondeu o menino.
-Ele foi para o Rio de Janeiro?
-Sim.
-Você sente falta dele?
-Sinto.
-E por que ele foi morar com sua mãe?
-Foi depois de uma briga entre ele e o Piter.
-Eles nunca se deram bem. - disse Michelle.
-É. - confirmou Alexander.
-Faz tempo tempo que ele foi morar com ela?
-Seis meses.
-Você já foi visitar ele?
-Ainda não, o Piter não deixou eu ir.
-Por quê?
-Não sei.
Alexander abaixou a e fez uma expressão de tristeza.
-Eu não queria te deixar chateado.
-Não tem problema.
-Você vem sempre aqui?
-Nesta praia?
-É.
-As vezes,só quando eu quero ficar sozinho.
-Entendo.
-E por que você veio para casa da Barbara?
-Meus pais estão viajando.
-Se não fosse isso você não teria vindo para cá.
-Sim.
Depois de muito conversarem,eles resolveram voltar.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

A Biblioteca-Capítulo 2


Uma hora e meia depois,elas chegaram na casa de Barbara.
-Você ainda mora aqui nesse fim de mundo? - peguntou Michelle.
-Respeito é bom e todo mundo gosta. - respondeu Barbara muito irritada.
-Não sei porque você gosta tanto daqui.
-Eu cresci aqui. - explicou Barbara.
-Tá,vou fingir que te intendo.
-Entra e coloca as suas coisas no quarto de hospedes.
Michelle entrou na casa e vez exatamente o a irmã havia falado.
Quando ela voltou para sala,viu a irmã conversando com um menino. Ele parecia ter uns 16 anos.
-Lembra do Alexander? - peguntou Barbara.
-Lembro. - respondeu Michelle.
-Ele cresceu né?
-Ale? - peguntou Michelle surpresa.
-Sou eu mesmo. - respondeu o menino.
-Que saudade. - disse Michelle abraçando o menino.
-Eu também estava com muita saudade. - falou Alexander
-Lembra quando vocês dois brincavam juntos?
-Lembro. - respondeu Michelle.
-Eu também lembro. - disse Alexander.
-Alexander dá para você mostrar para Michelle as mudanças que eu fiz na casa?
-Com certeza. - respondeu Alexander.
-Quais mudanças são essas? - peguntou Michelle entusiasmada.
-Vem comigo.
Ele lava a menina até o jardim que estava sendo feito atrás da casa.
-Nunca pensei que a Babi fosse mudar esse lugar. - falou Michelle.
-Nem eu.
-Ela vai mudar mais alguma coisa?
-Ela mexeu na casa toda. - respondeu o menino.
-Eu achei que tinha alguma coisa diferente.
-Ela só não mexeu na biblioteca.
-Por quê? - peguntou Michelle.
-Não sei.
-Ela gosta de cada coisa.
-E por que você ficou todo esse tempo sem vir aqui? - perguntou Alexander.
-Não sei.
Michelle senta no muro que fica entre a casa da irmã e a do vizinho.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

A Biblioteca-Capítulo 1


Michelle havia acabado de entrar de férias,mas foi acordada às 06:00min pela mãe.
-Acorda! - gritou Lúcia.
-Que susto!
-Levanta e se arruma,a sua irmã já deve estar chegando.
-O que ela vai vim fazer aqui? - peguntou Michelle,sem entender nada.
-Eu esqueci de ter falar,que eu tenho uma viagem hoje. - explicou Lúcia.
-Por que eu sou a última pessoa a saber de tudo?
-Filha,eu esqueci!
-Acho que eu já percebi isso. - disse Michelle com ironia.
-Cuidado com as suas gracinhas. - advertiu a mãe da menina.
-Deixa eu me arrumar.
-Estou te esperando para tomarmos café. - disse Lúcia ao sair do quarto da filha.
Depois de tomar banho e se arrumar. Michele pegou uma mochila que estava guardada em seu guarda-roupa e colocou tudo que viu pela frente.
-Pronto terminei.
Ela foi para cozinha,onde encontrou os pais sentados à mesa.
Ao mesmo tempo que Michelle sentava-se à mesa a campainha tocou.
-Eu abro a porta. - disse Matheus,pai de Michelle.
Matheus abriu a porta e viu que era Barbara,sua filha mais velha que tinha chegado. Barbara era filha só de Matheus.
-Oi pai,tudo bem? - perguntou Barbara.
-Tudo ótimo e com você?
-Eu estou bem. - respondeu a menina.
-Que bom.
-A Michelle já terminou de se arrumar?
-Sim. - respondeu Michelle.
-Vamos?
-Só vou pegar minha mochila lá no meu quarto.
Michelle foi correndo até seu quarto e pegou sua mochila.
-Vamos.
-Tchau pai,tchau Lúcia. - se despediu Barbara.
-Tchau mãe,tchau pai.
-Tchau. - falou Matheus.
-Tchau meninas. Cuidado.
As meninas saíram.
-Entra no carro. - falou Barbara.
-Que evolução,da última vez que eu te vi você não sabia nem andar de bicicleta agora já está dirigindo. - brincou Michelle.
Barbara seguiu viagem.
-Para falar a verdade eu ainda não sei andar de bicicleta. - confessou Barbara.
-Babi eu não te entendo,o mais difícil você consegue aprender.
-Eu não sei andar e pronto.
-Confessa você tem medo. - insistiu Michelle.
-Tenho.
Michelle pegou seu celular,que estava no bolso de sua calça.
-Deixa eu twittar isso,meus amigos vão amar.
Barbara pegou o celular da mão de Michelle.
-Não vai twittar nada,não. - disse Michelle irritada.
-Tá.
Michelle encostou na janela do carro e em alguns minutos a menina já estava dormindo.

Web História

Nossa primeira web história chegou ao fim.Mas a qualquer momento será postado o primeiro capítulo de A BIBLIOTECA.

Um pequeno resumo de como vai ser a próxima web história.

A BIBLIOTECA.

Ao passar suas férias na casa da irmã mais velha durante a vigem de seus pais,Michelle percebe que a biblioteca da casa pode ser um lugar mágico,cheio de mistérios e muito divertido.


sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Tudo Na Vida Muda-Capítulo 107

Depois de algum tempo elas chegam em casa.

-Júlia: O que você vai fazer agora?
-Laura: Vou seguir em frente.
-Ingridy: Infelizmente nem tudo é do jeito que a gente quer.
-Laura: "O amor é como um precipício,a gente se joga e reza para não chegar o chão."
-Ingridy: Com o tempo esse sofrimento de ver alguém indo embora diminui.
-Laura: Tô vendo que alguém não conseguiu superar um divórcio.
-Ingridy: Não superei um e já vou enfrentar outro.
-Laura: "A dor é inevitável.o sofrimento é opcional."
-Ingridy: As vezes nós temos que abrir mão de certas coisas para sermos felizes.
-Laura: É.
-Ingridy: Mas  lembramos disso tarde demais.
-Laura: "Não importa quanto os dias sejam perfeitos,eles sempre têm acabam."

                                                                                                                                                    [Fim]

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Tudo Na Vida Muda-Capítulo 106

Pablo e Juliana já haviam feito check-in e aguardam para embarcar.

-Pablo: Não fica assim.
-Laura: Eu tô bem.
-Pablo: Você vai sentir minha falta.
-Laura: Muita.
-Juliana: Mãe,promete que não vai esquecer de mim.
-Laura: Eu nuca vou esquecer de você.
-Juliana: Te amo.
-Laura: Também te amo.

Juliana abraça Laura.

-Pablo: Filha,a gente tem que ir.
-Juliana: Já?
-Pablo: Já.
-Juliana: Tchau Júlia,tchau Ingridy.
-Ingridy: Tchau.
-Júlia: Tchau.
-Juliana: Mãe,manda um beijo pra Rapha.
-Laura: Mando.
-Juliana: Obrigada.

Pablo dá um abraço em Laura.

-Pablo: Tchau,meu amor.
-Laura: Tchau.

Juliana abraça Laura novamente.

-Juliana: Tchau mãe.
-Laura: Tchau.
-Juliana: Não chora.
-Laura: Tá.
-Ingridy: Vamos?
-Laura: Vamos.

Elas vão embora.





Tudo Na Vida Muda-Capítulo 105

Dois dias depois.

Laura tomava café na cozinha com Ingridy.

-Ingridy: Como você está?
-Laura: Bem.
-Ingridy: Tem certeza?
-Laura: Eu vou ficar bem.
-Ingridy: Você viu a bagunça que tá a sala?
-Laura: Vi,ainda bem que são só malas.
-Ingridy: Né.

Algumas horas depois.

-Laura: Vocês vão chagar atrasados no aeroporto.
-Pablo: Pronto já coloquei tudo no porta malas do carro.
-Laura: Juliana,vamos.
-Juliana: To indo.
-Laura: Ingridy,você vai.Né?
-Ingridy: Vou.
-Júlia: Eu vou junto.
-Laura: Vai para o carro.
-Ingridy: Eu vou junto com você.
-Júlia: Vamos.
-Juliana: Pronto.
-Laura: Não está esquecendo nada?
-Juliana: Não.
-Laura: Vamos para o carro.
-Juliana: Vamos.

Juliana e Laura vão para o carro.

-Laura: Vocês não estão esquecendo nada?
-Pablo: Não.
-Laura: Podemos ir.
-Pablo: Sim.

Eles vão para o aeroporto.

Tudo Na Vida Muda-Capítulo 104

-Ingridy: Ela é sempre assim?
-Pablo: As vezes.
-Ingridy: Ah.
-Pablo: Ela deve estar cansada.
-Ingridy: Eu vou lá falar com ela.
-Pablo: Tá.

Ingridy vai até Laura.

-Laura: O que foi?
-Ingridy: Que cara de sono é essa?
-Laura: Ainda não acostumei com o fuso-horário.
-Ingridy: Depois de 1 ano?
-Laura: É.
-Ingridy: Eu também ainda sofro com isso.
-Laura: Eu não sou a única.
-Ingridy: Não mesmo.
-Laura: Que sono.
-Ingridy: Vou deixar você dormir.
-Laura: Tá
-Ingridy: Fui.
-Laura: Tchau.

Alguns minutos depois Pablo foi para seu quarto e encontra Laura dormindo.

Ele se aproxima dela.

-Pablo: Acorda.

Laura acordava lentamente.

-Laura: O que foi?
-Pablo: Te amo.
-Laura: Também te amo.

Tudo Na Vida Muda-Capítulo 103

-Ingridy: Quem é?
-Pablo: O que?
-Ingridy: Eu sei que o Gabriel tem outra.
-Pablo: Como você sabe que é isso?
-Ingridy: Quem é?
-Pablo: A Sabrina.
-Ingridy: Então foi por isso que essa sonsa voltou.
-Pablo: Ainda tem mais.
-Ingridy: Tem como piorar?
-Pablo: Ela está grávida dele.
-Ingridy: Eu mereço.
-Pablo: O que você vai fazer?
-Ingridy: Vocês conhecem algum advogado?
-Pablo: Não.
-Ingridy: Você sabe de mais alguma coisa?
-Pablo: Só sei que quase ele matou ela.
-Laura: Se a raiva dele é tanta,é porque ela pode ter feito isso de proposito.
-Ingridy:Não.Ele é metido,mas vive as custas dos outros.
-Pablo: Mas só você sabe disso,ela não.
-Laura: É verdade.
-Pablo: Ela se deu mal nessa.
-Ingridy: Pode ter certeza que não foi só ela,o Gabriel também.
-Laura: Você falou de um jeito,que me deu medo.
-Pablo: Se eu fosse ele,eu teria medo.
-Laura: Ainda bem que você não é.
-Pablo: Ah é.
-Laura: Depois a gente conversa sobre isso.
-Pablo: Ah.
-Laura: Ingridy,já sei quem pode te ajudar.
-Ingridy: Quem?
-Laura: O Danilo.
-Pablo: Quem é ele?
-Ingridy: O advogado do seu pai.
-Laura: Ele mesmo.
-Pablo: Tô vendo que só eu que não conheço ele.
-Laura: Sério que você vai ter crise de ciúmes?
-Pablo: É que eu tenho ciúmes de quem eu amo.
-Ingridy:Que bonitinho.
-Pablo: Ela disse que eu sou bonitinho.
-Laura: Ela disse que,o que você falou é bonito.Não que você era bonito.
-Ingridy: Isso não precisa falar,só de olhar pra ele dá para perceber.
-Pablo: Você tá com uma moral hoje.
-Laura: Não enche.
-Ingridy: Vocês conseguem ser chatos até quando estamos falando sério.
-Laura: Você fica dando atenção para ele.
-Ingridy: Eu só falei a verdade.
-Pablo: Tô percebendo um ciúmes.
-Laura: Vocês estão fazendo complô?
-Pablo: Não.
-Laura: Tchau pra vocês.

Laura sai da sala.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Tudo Na Vida Muda-Capítulo 102

-Pablo: Me responde uma coisa.
-Laura: O que?
-Pablo: Você não está achando que..?
-Laura: Achei.
-Pablo: Fala sério!
-Laura: E o que vocês fizeram?
-Pablo: Eu conto.O Gabriel tá..com aquela sua amiga,a Sabrina.
-Laura: E o que você tem a ver com isso?
-Pablo: A Sabrina está grávida.
-Laura: Ai sim.Era só o que faltava.
-Pablo: Ele quase matou ela.
-Laura: Agora eu entendi.
-Pablo: Ela pediu para eu tentar controlar ele.
-Laura: Se prepara.
-Pablo: Por quê?
-Laura: Você que vai contar isso para Ingridy.
-Pablo: Tá.
-Laura: Você vai agora?
-Pablo: Não,vou tomar um banho.
-Laura: Eu vou para sala.
-Pablo: Ok

Laura vai para sala.

-Ingridy: Resolveu?
-Laura: Sim.
-Ingridy: E o que aconteceu?
-Laura: Ele vai poder te explicar melhor.
-Ingridy: Depois eu pergunto para ele.
-Laura: É melhor.

Alguns minutos depois Pablo já estava na sala.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Tudo Na Vida Muda-Capítulo 101

Pablo chega.

Ele estava  muito cansado.

Laura estava conversando com Ingridy na sala.

-Laura: Onde você estava?
-Pablo: Na casa da Rapha.
-Laura: Legal.
-Pablo: Legal?
-Laura: E vocês estavam fazendo?
-Pablo: Ela me pediu ajuda para resolver um probleminha.
-Laura: E que probleminha foi é esse?
-Pablo: É...
-Laura: Chega!
-Pablo: Mas eu não fiz nada.
-Laura: Melhor assim.
-Pablo: Fui.

Pablo sai da sala.

-Ingridy: Eu pensei que você iria matar ele.
-Laura: Até passou isso pela minha cabeça,mas não ia valer a pena.
-Ingridy: Ah...
-Laura: Mas será que...?
-Ingridy: Não.
-Laura: Ata.
-Ingridy: Vai lá falar com ele.
-Laura: Não acho uma boa ideia.
-Ingridy: É sim.

Laura vai atrás de Pablo.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Tudo Na Vida Muda-Capítulo 100

-Pablo: Eu e a Rapha vamos ter que sair.
-Laura: Tá.
-Pablo: Eu não sei que horas eu vou voltar.
-Laura: Ok.

Eles saem.

-Ingridy: Ainda não vai falar nada?
-Laura: Não.
-Juliana: E o Lucas?
-Ingridy: Eu não tinha percebido.
-Juliana: Estranho.
-Ingridy: Muito estranho.

Laura sai da sala.

-Júlia: Vai sobrar para Pablo.
-Ingridy: Vai mesmo.
-Júlia: Isso está muito estranho.
-Ingridy: Eu vou lá falar com ela.

Ingridy vai atrás de Laura.

-Ingridy: O que foi?
-Laura: Será que eles...?
-Ingridy: Passou isso pela sua cabeça?
-Laura: Sim.
-Ingridy: Eu acho que não.
-Laura: E se for coisa pior?
-Ingridy: Tipo?
-Laura: E se ela...?
-Ingridy: Não.

domingo, 1 de janeiro de 2012

Tudo Na Vida Muda-Capítulo 99

-Laura: E você vai fazer o que?
-Ingridy: Vou arrumar um advogado.
-Laura: Você vai pedir divórcio?
-Ingridy: Vou.
-Laura: Por que você não espera o bebê nascer?
-Ingridy: Não vai mudar em nada,essa coisa vai continuar sendo o pai.
-Laura: Se for pensar assim é verdade.
-Juliana: Mãe,a Rapha mandou uma mensagem no seu celular.

Juliana mostra a mensagem.

-Laura: Ela está vindo aqui.

Alguns minutos depois.

-Raphaela: Oi.
-Laura: Oi.
-Raphaela: A Ingridy está fazendo o que aqui?
-Laura: Ela passou mal,ficou a noite em observação.
-Raphaela: Fiquei sabendo.
-Laura: Como?
-Raphaela: Notícia ruim todo mundo fica sabendo.
-Laura: É.
-Raphaela: E o Gabriel veio ver ela?
-Laura: Você está sabendo de alguma coisa?
-Raphaela: Não.
-Laura: Eu vou acreditar em você.
-Raphaela: O Pablo está?
-Laura: Sim,mas o que você quer com ele?
-Raphaela: Eu preciso muito falar com ele.
-Laura: Ele está no quarto dele.
-Raphaela: Eu posso ir lá falar com ele?
-Laura: Pode.

Raphaela vai até o quarto de Pablo.

-Ingridy: Não vai falar nada?
-Laura: Não.
-Ingridy: O que será que ela quer?
-Laura: Não sei.

Algum tempo depois Pablo e Raphaela vão para sala.