domingo, 29 de julho de 2012

Rehab-Capítulo 56

-Fala logo.
-Quer saber. Você vai ficar sem mesada durante três meses.
-Só isso?
-Só.
-Boa noite.
Fechei a porta e deitei.
Ouvi duas pessoas conversando no jardim, abri a janela para ver quem era. Meu pai e a Taís, madrasta da Roberta, estavam conversando.
De onde eles se conheciam?
Fechei a janela e deitei de novo. Agora isso não importava. Tomei o meu remédio e tentei dormir.

Acordei meio atordoada. Sem noção se era dia ou noite, mas o relógio me mostrou que já eram 5:30min.
Resolvi levantar, afinal, perdi totalmente o sono. Tomei um banho e depois voltei para o meu quarto para colocar o meu uniforme.
-Posso entrar?
Virei para ver quem era. Minha mãe estava parada na porta.
-Pode.
-Queria te pedir desculpas por ontem.
-Tudo bem. Não tem problema.
-Vai tomar café.
-Já estou indo.
Fui para cozinha. Todos já estavam tomando café.

Nenhum comentário:

Postar um comentário