quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Rehab-Capítulo 146

-Não é por causa disso.
-É por quê?
-Eu quero ficar próxima de você, afinal, eu passei muito tempo longe.
-Não é só por causa disso.
-Eu tenho medo de te deixar sozinha.
-Aqui  não tenho como eu  fazer nada.
-Eu te conheço muito bem, você conseguiria fazer qualquer coisa.
-Até que eu conseguira.
-Termina de comer. - ela se levantou da cadeira e se aproximou da porta. - Já volto.
-Não demora.
A minha irmã voltou com uma caixa.
-O que é isso?
-Olha. - ela me entregou a caixa.
-Um jogo de xadrez.
-Me disseram que você sabe jogar.
-O papai me ensinou quando eu tinha seis anos.
-Pra mim também.
-Ele ensinou para todas as filhas?
-Não. - ela respondeu rindo. - O xadrez é a paixão do papai, ele só ensina o que sabe para quem mostra interesse pelo jogo.
-Isso aconteceu comigo e com você.
-Do mesmo jeito que eu o atormentei para ele me ensinar, você também o atormentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário