sábado, 20 de outubro de 2012

Rehab-Capítulo 150

-Quando vocês nasceram, eu estava viajando e logo que eu soube  fui para o hospital, mas para avisar a Amanda sobre o divórcio.
-Por que você mudou de ideia?
-Quando eu cheguei, em vez de eu ir até o quarto, fui primeiro ao berçário . E vi uma menininha chamada Anahy Taylor, perguntei para enfermeira  se eu podia pegar ela no colo e a enfermeira me trouxe aquela menininha. A menininha quando me viu começou a chorar e fez eu me sentir um idiota por ter feito  aquela menininha linda chorar, mas um idiota muito feliz, por saber que eu era o pai dela. Daquele dia em diante, decidi não deixar a minha menininha sozinha, não deixar ela sofrer, mas eu não fiz isso direito.
Quando eu percebi, já estava em prantos.
-Não chora. - ele disse enquanto secava as minhas lágrimas.
-A única idiota aqui, sou eu, por nunca ter percebido tudo isso.
-Você não é idiota, você é a  menininha que eu não soube cuidar direito.
-Como não? Você sempre esteve do meu lado quando eu mais precisei. No meu primeiro dia de aula  foi você que me aturou chorando porque eu não queria entrar na escola, foi você que me ajudou na minha primeira lição de casa, foi você que me ensinou a andar de bicicleta, foi você que esteve do meu lado no meu primeiro tombo, sempre foi você que me colocava na cama e contava histórias antes de eu dormir. Você me ajudou a construir essa pessoa que eu sou hoje. - acho que eu nunca fui tão sincera.

Nenhum comentário:

Postar um comentário